fbpx
(11) 5083-6934 # 5083-5995 contato@teresaembirucu.com.br

Por que a vagina coça?

A vagina é um ambiente escuro, úmido e com uma temperatura geralmente mais quente quando comparada com outras partes do corpo. Convivem normalmente neste ambiente muitos fungos e bactérias que em equilíbrio preservam as características saudáveis da vagina.

A coceira na vagina pode ter explicações simples até as mais complexas. A vagina pode coçar esporadicamente, sem causa aparente; pode coçar de forma cíclica, por exemplo antes do período menstrual; ou pode coçar de forma crônica.

Algumas situações mais comuns são a raspagem dos pêlos da vulva (independente do método da depilação), tanto durante o crescimento inicial do pêlo (pêlos “encravados” ou foliculite) como por processo alérgico aos produtos utilizados. Alimentação rica em açucares e lactatos e até mesmo o estresse do dia a dia pode iniciar a vontade de coçar.

Candidíase

O mais vilão de todos são os fungos e a tão comum candidíase. O que é candidíase? É uma situação causada pelo fungo que se chama Cândida albicans. Geralmente, a coceira vem acompanhada de corrimento genital tipo “leite coalhado”, ardênica na vagina ou ao urinar, vermelhidão e muita irritação. É bem comum e na maioria das vezes, fácil de tratar. O problema é que essa situação pode se repetir. Importante lembrar que não é considerada uma doença sexualmente transmissível.

Alterações de pH

As alterações de pH vaginal também podem levar a coceira na vagina. O que é pH vaginal? O que pode alterar o pH da vagina? O pH é um parâmetro numérico para dizer se o meio é alcalino ou ácido. A vagina tem um meio ácido, com um pH em torno de 4,5. O que mantém esse pH vaginal são bactérias que habitam normalmente a vagina e produzem ácido lático. Uso de antibióticos, contato com esperma e com sangue menstrual, assim como queda dos níveis de estrogênio (por exemplo na amamentação e na menopausa) causam desequilíbrio na proliferação destas bactérias e em conseqüência, causam alteração do pH. Por isso, nem tudo que causa coceira na vagina é candidíase. Pode ser uma vaginose citolítica.

Outras causas

Exitem também outras situações mais sérias que podem causar um prurido (sinônimo de coceira) crônico, como líquen escleroso, líquen simples até lesões preneoplásicas, conhecidas como NIV (neoplasias intraepiteliais) e o câncer de vulva.

Quando a vagina ou a vulva começa a coçar, a mulher deve fazer uma consulta ginecológica, exames de secreções vaginais para pesquisar essas alterações e também a vulvoscopia (exame para identificar lesões que não podem ser vista “ a olho nu”).

InstagramFacebookWhatsApp