fbpx
(11) 5083-6934 # 5083-5995 contato@teresaembirucu.com.br

Com a chegada da menopausa, os níveis de estrogênio começam a diminuir, trazendo mudanças como a atrofia vaginal.

A atrofia vaginal é caracterizada pelo afinamento da mucosa vaginal, resultando em secura e coceira, além de aumentar o risco de infecções recorrentes e causar dores durante a relação sexual.

A atrofia genital faz parte da síndrome genitourinária da menopausa e a tendência é piorar ao longo dos anos (sem reposição hormonal).

Um dos tratamentos, principalmente para quem não pode fazer terapia hormonal para a Menopausa é a Laserterapia (laser de co²).

O laser estimula a produção de colágeno na região, fibroblastos e aumenta o aporte de sangue, fortalecendo as fibras que sustentam o canal vaginal e melhorando a mucosa.

Além disso, o tratamento também estimula a lubrificação natural e corrige o ph vaginal, melhorando as defesas do corpo contra infecções.

O laser é realizado no consultório em sessões que duram em média 20 minutos. Geralmente, as pacientes não queixam de dor, apenas uma sensação de ardência durante a aplicação do laser.

Não deixe de comentar com seu médico se sente algum desconforto vaginal com a chegada da menopausa. Existem formas de melhorar.

Se você tiver interesse em saber um pouco mais sobre a Menopausa e Laserterapia pode conferir outras publicações aqui no site.

-⠀

Esse material é informativo e não deve ser utilizado para autodiagnóstico ou autotratamento.⠀

Dra. Teresa Embiruçu | CRM: 132211 | RQE: 37735.