fbpx
(11) 5083-6934 # 5083-5995 contato@teresaembirucu.com.br

O hormônio é liberado pelo SIU (sistema intrauterino) de forma constante e em baixas quantidades dentro do útero, diariamente, por até 5 anos. Uma pequena parte é absorvida para o corpo todo. 

O SIU liberador de hormônio previne a gravidez através de 3 mecanismos:

  • O muco fica mais grosso no canal do útero (que é a entrada para o útero), de forma que o espermatozoide não consegue se movimentar e não consegue entrar no útero para fertilizar o óvulo.

  • A mobilidade do espermatozóide dentro do útero também fica prejudicada, dificultando a chegada dele até o óvulo.

  • O endométrio (camada interna de dentro do útero) fica mais fino porque o hormônio evita que o endométrio cresça o suficiente para possibilitar a implantação do óvulo, e consequentemente, evita a gravidez; é esse mecanismo de manter o endométrio sem se desenvolver que também é responsável pela diminuição do fluxo menstrual

O hormônio liberado é o levonorgestrel (semelhante a um hormônio feminino chamado progesterona). Este método é bastante eficaz. Mas não se pode esquecer que todo método possui chances de fallha. O risco de falha do SIU liberador de hormônio é o mesmo da laqueadura tubária, de cada 1000 mulheres utilizando o método, 2 podem engravidar ao ano.
A mulher deve conversar com seu médico ginecologista para se informar sobre as opções, riscos e benefícios de cada método e escolher o mais ideal.

Cada caso deve ser avaliado individualmente.

InstagramFacebookWhatsApp