fbpx
(11) 5083-6934 # 5083-5995 contato@teresaembirucu.com.br

É natural para qualquer pessoa, que o desejo sexual flutue durante a vida, parcerias e circunstâncias. ⠀

A condição é mais pesquisada em mulheres cis, mas também pode acontecer com os homens cis. É estimado que afete entre 1 a 20% dos homens.⠀

Como culturalmente não é esperado que o homem tenha falta de interesse sexual, o estresse pode ser maior, tanto para o homem quanto para a parceria. ⠀

A maneira como a parceria é capaz de lidar com essas emoções tem um grande impacto na satisfação sexual.⠀

Um estudo selecionou 67 homens e suas parcerias para entender melhor o transtorno.⠀

Um exemplo de pergunta dentro desse tema foi: “No geral, como a parceria responde aos seus sentimentos em relação a baixa do desejo sexual?”⠀

Os pesquisadores chegaram a três cenários:⠀

A parceira é empática com a situação;⠀
A parceira tem reações críticas ou hostis;⠀
A parceira entende a situação, mas evita conversar sobre o assunto.⠀

Em casos de respostas negativas ou hostis, a parceira relatava um desejo sexual maior. Para as empáticas, a vida sexual da parceira era satisfatória e com menos desejo. E nas parcerias em que o assunto era evitado, o estresse sexual era maior.⠀

A resposta da parceira ao baixo interesse sexual pode ser um ponto de angústia e conflito importante entre o casal.⠀

Certamente, questionamentos sobre falta de amor, traição, perda da atração física e esfriamento afetivo passam pela cabeça da parceria.⠀

Vale aqui a sinceridade e buscar ajuda.⠀

As informações do estudo foram retiradas do artigo “Low Sexual Desire in Men: The Impact of Partner’s Responses on Couple’s Sexual Satisfaction”, do site ISSM.